Como funciona

Configure seus webhooks em menos de 1 minuto.

Introdução

O webhook é a maneira mais simples e eficiente de o seu sistema saber quando um evento ocorrer na ZapSign (por exemplo, um documento foi assinado). Isso porque cadastrando um webhook, o seu sistema será avisado proativamente pela ZapSign assim que um evento ocorrer.

Assim, a grande vantagem do webhook é que em vez de o seu sistema fazer várias requests por dia, hora e minuto à ZapSign (prática conhecida como polling), checando se houve alguma atualização nos documentos, a ZapSign se encarrega desse trabalho e avisa você, poupando recursos dos dois lados.

Não é necessário ter a API ou Token de Acesso ativados para utilizar webhooks. São funcionalidades independentes. Mas é fortemente recomendado aos usuários da API que utilizem webhooks em vez de praticar polling.

Cadastrando um webhook

Uma vez dentro da sua conta, clique na barra lateral em Configurações.

Dentro dela, clique em "Habilitar Webhooks", conforme setas vermelhas abaixo.

Clique em "Configurações" e, depois, em "Habilitar Webhooks".

Agora, com os Webhooks habilitados, basta inserir a URL dos endpoints em que você quer receber os webhooks.

Dica: para testes, você pode começar cadastrando um webhook da https://webhook.site/ para entender como funcionam as requisições que chegarão à sua aplicação.

Abaixo, cadastrei por exemplo dois webhooks, um de testes (da webhook.site) e outro da minha aplicação fictícia (a minhaaplicacao).

Você pode cadastrar quantos webhooks quiser.

Tudo dando certo, você irá começar a receber webhooks em todos endpoints cadastrados!

Veja como você receberia os webhooks no webhook.site por exemplo:

Exemplo de requisição webhook recebida no webhook.site

Na próxima página, apresentaremos os tipos de eventos que a ZapSign envia por webhook.